terça-feira, 6 de agosto de 2013

antes do farol abrir


uma checada rápida para saber se está tudo bem com a maquiagem, um retoque de batom, um pensamento tolo que beira a sacanagem, uma mordida breve em um sanduíche bom. um abrir o porta-luvas pra poder pegar e colocar o cd antigo, uma olhadinha no celular para mandar torpedo para o amigo, uma paquera inocente com o cara do carro ao lado, um revirar dos olhos nervoso escapando do namorado.

uma busca maluca por uma xuxinha perdida pra prender o cabelo, um abaixa rápido o pára-brisa pra ver como ficou no espelho. um abrir freneticamente o papelzinho pra abocanhar o chiclete, um fazer do dedo mindinho cotonete, um "ai meu Deus como minha unha está feia" ou quem sabe um "preciso lavar esse carro, já está até criando teia!".

há quem encontre neste curto espaço momento simples pra pensar na vida, cutucar feridas, pensar se vai virar ou não na próxima avenida. mas geralmente o povo lê uma manchete de olho no canto, aproveita o tempo pra coçar as costas que vem desde o farol passado coçando, entra na internet rápido pra ver se tem novidade no facebook, confere no instagram pra checar se a piranha postou mais um pirilook.

os  mais habilidosos abrem com rapidez a latinha pra dar um gole rápido no refrigerante, acendem os cigarros aqueles que são fumantes, fazem ligações que julgam ser muito importantes, enfiam de volta para a calça as gordurinhas protuberantes. as pequenas coisas que se fazem de bobeira na minúscula pausa de um instante. 

8 comentários:

Mayra disse...

Sensacional!!! É lindo isso de refletir as pequenas coisas que fazemos!! Abraços <3

Anna Vitória disse...

Flá, adorei muito o texto, achei incrível a ideia de capturar um instante <3

Bruna Gabriela disse...

Tudo isso antes de um farol abrir?
(risos)

Isso é pra gente ver que somos capazes de muito em pouco tempo, basta querer.

Lê disse...

Você se supera a cada texto.
Esse ficou bom demais!

s2

Camila Faria disse...

Muito bom! Nunca tinha parado para pensar o que fazemos nesses pequenos instantes.

Larissa Bello disse...

Se as pessoas soubessem o quanto é importante realmente vivenciar o momento presente de um instante, não haveria motivos para tantos lamentos.

Bjos!

Gaby Soncini disse...

Em pouco acontece muito.

Adorei o texto!

Beijos!

รяª Nathalia disse...

Adorei!
Porque não descrever um momento comum?

SENSACIONAL!