quinta-feira, 5 de maio de 2011

com os olhos no passado

hoje peguei um ônibus naquele terminal. uma troca besta, pra subir a avenida pra casa, porque fui liberada antes da hora e deu pra almoçar em casa. ali, no terminal santana, não sei se foi por ter visto um casal com mochila nas costas e ar de bobo, ou se o sentimento já estava em mim de algum modo mas a verdade é que me veio assim, tão forte, como se fosse hoje, a imagem da gente. lembrei da gente com aquele uniforme de smurffs, pegando um ônibus em cada ponto da avenida da escola pra não dar na telha e ninguém ver, e se encontrando, e indo andando, mortos de fome, pra sua casa, porque não tinha ninguém. e a gente não precisava programar nada pra tarde porque a tarde consistia em assistir o que tivesse passando na tv, ou deixar algum filme passando no dvd, enquanto a gente tirava uma soneca ou enquanto não tirava soneca nenhuma. lembrei de você me trazendo copos de água, minhas meias espalhadas e o tênis que ficou em algum pedaço da escada.
aí me lembrei da gente voltando pro ponto você me acompanhando, me levando a mochila pesada e o fichário. ou mais pra frente, quando a gente já tinha crescido um pouco mais, mas não o suficiente, e eu matava alguma aula de tarde pra ficar com você, e a gente voltava juntos no ônibus, e acabava se despedindo ali no terminal santana, antes de você ir pra faculdade e eu ir pra casa.
a gente passou por tanta coisa viveu tanta coisa sentiu tanta coisa que as vezes eu até admiro. hoje mesmo eu percebi que você me viu crescer e vice e versa e sinto que nada poderia ser como hoje se não tivessemos passado por tudo aquilo. pela primeira vez me deu até saudade do passado, olhei nos olhos dele e não senti nenhuma pontinha de dor. só fiquei admirando...tá aí. deu um orgulho imenso de nós dois.

9 comentários:

Ana Lu disse...

Ahh, que lindo Flá! *_*
É tão bom quando temos tantas coisas felizes pra lembrar e se emocionar!
*_*
Beijos

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Ahhh!!!que saudades de seu mundinho azul...que muito me faz bem...belo post...ameiii!!!amiga querida um feliz dia das MÃES...!!!bjus minha doce amigaaa!!!ler vc.é viajar no tempo...amo seus textos...parabéns...!!!vc.escreve muitooo...!!!

Nara Sales disse...

Assim como você, passei por todas essas delícias, Flá. Sem exceção alguma.
E, é muito bom que você não sinta mais dor ao lembra, apenas saudade.

Alicia disse...

coisas corriqueiras nos dão pano pra manga..!

♪ Sil disse...

E o bom é isso:

Ter coisas boas pra lembrar, e ter um baita orgulho disso.

Beijo Flá!

Amanda disse...

Nossa, me identifiquei TANTO com esse texto, que acho que só se vc me conhecesse para ter noção do quanto.
Enquanto lia seu texto passou um filme na minha cabeça, dos meus tempos de colégio com o meu namorado(que ainda está comigo)...
E, de fato, dá orgulho de nós dois...De tudo que passamos, das mudanças na vida e de apesar de tudo, continuarmos juntos, felizes e amadurecendo juntos!
LINDO.
Parabéns pelo texto...
Bjos!

Camila Pitta disse...

Delícia mesmo é isso aí: se orgulhar de um passado e lembrá-lo com amor.

Que seja sempre assim...

Beeijo

Manuella Monte Santo disse...

Me lembrou de uma fase do meu namoro que começou quando eu estava na escola também... Muito bom lembrar dessas coisas.

Beijos.

Fernanda disse...

Ah, nada melhor como olhar para trás e sentir esse imenso orgulho! Lindo!

beijos =*