terça-feira, 1 de março de 2011

lado externo

eu sabia que isso ia acabar acontececendo. minha terça feira agora é minha nova segunda. não consigo gostar dela de jeito nenhum. qualquer motivo é razão para abominá-la e ultimamente o meu maior problema é a chuva. chovem todos os dilúvios em são paulo, dia após dia, enchente após enchente, caos após caos.
vai ver que é isso que reflete na minha alma e quando eu me percebo me sinto exatamente assim: bagunçada, como se estivesse fora do lugar. é um sentimento forte de não pertencimento, estranho. aparece com muito mais frequência às terças feiras. às terças ele vem forte, como se fosse um choque cultural, como água e vinho, manteiga e azeite. durante o resto da semana acho que vou me acostumando, mas aí os finais de semana chegam e eu me sinto tão acolhida, tão protegida, tão perfeitamente encaixada, que quando tenho que voltar à vida e à rotinha às terças (visto que de segunda não tenho mais aulas) me sinto um verdadeiro peixe fora d'água.
é como se absolutamente nada fizesse sentido. sinto que as pessoas são cópias enfadonhas de um mesmo tipo: mesmo cabelo, comprimento, cor, estilo de roupa, sapatos. me dá um pânico, como se eles, os novos jovens quisessem se auto-clonar, em um ambiente cuidadosamente construído. e logo eu que pensava: na faculdade vai ser diferente, vou encontrar todo tipo de gente, aquela coisa cosmopolita, mil culturas em um lugar só. me enganei imensamente.
e aí que fico nisso. encontrando conforto nas conversas de trabalho, nos papos sobre cultura que tanto me encanto, como se fossem gasolina pra aguentar a longa estrada em que se transformaram meus 4 dias da semana. sigo a certeza clara, fria e direta: eu não pertenço à esse lugar.

3 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Tão verdadeiro esse texto. Não dá pra encaixar sonhos onde a vida real é um cenário repleto de personagens repetitivos.

Beijos

NICKYSPLAN disse...

Oi, estava passeando pela net e vi seu blog. Bem, nao é assim que fazemos novos amigos? comentando no blog deles? hehe eu tabém escrevo. sempre que quiser passa la. posto todos os dias ^^

disse...

muito complexo Flá...
acho que hoje, mais do que nunca, as pessoas nao sabem ser espontaneas, ter seu proprio estilo, ter sua propria vida...
mesmo infelizes seguem tendendias que muitas vezes nao tem nada a ver com elas mesmas....
mas nao fique presa a isso, tente ver outras paisagens. beijos