sábado, 16 de fevereiro de 2008

A distância que aproxima.

Conheci o Pedro já faz 4 anos. Foi um acidente da internet, ele me adicionou errado no msn, e durante os primeiro minutos eu achei que tava falando com um amigo meu, e ele com a tal amiga. Até que eu percebi que aquele não era o Pedro que eu conhecia de verdade...
Eu estava no primeiro colegial e a afinidade foi nítida. Eu entrava no msn e deixava um monte de gente sozinha pra falar com ele, que me contava de absolutamente TUDO, e eu idem. Ele começou a namorar, eu também, ele terminou, eu também... a gente passou por muita coisa junto. Muitas coisas que ele sabe, pessoas que eu vejo no meu dia-a-dia nem duvidam que tenha acontecido comigo.
Há 4 anos a gente conversa pela internet, nunca vi o Pedro ao vivo - só na web - e já sei como ele ri, como ele fica bravo, e com um super "oi" do msn sei como está o seu humor. Ele mora longe, é mineirinho de BH, e a gente ja trocou carta, telefone, e segredos. Quando meu ex deu mancada comigo, o Pedro, ou maninho como eu costumo chamar, foi falar com ele, deu conselho pra mim. Nunca rolou nenhum interesse a mais além de amizade, apesar de eu achar ele uma gracinha. É coisa de irmão mesmo.
Claro que eu queria que o Pedro morasse perto - não dá pra ir no cinema juntos, e fazer uma porção de coisas, como tirar trilhares de fotos, mas a gente faz separado e depois compartilha. De vez em quando eu me pego pra pensar e acho que se ele morasse perto ou se me visse pessoalmente eu não teria me aberto tão facilmente, dizendo cada detalhe da minha vida pra ele, acho que de certa forma nossa amizade não seria tão intensa de início. Hoje a gente já combina viagem pra quando ele vier pra sampa e eu pra Bh. Sei que tenho alguém de confiança, um amigo sincero, como muitos eu não tenho aqui em SP, no meu dia-a-dia...
E nem reclamo mais da distância, de ele não morar aqui perto... estou convencida de que a gente não precisa disso. Nossa amizade é a prova de que a distância quem cria somos nós, e que o "perto" é muito relativo. Eu sei, que de qualquer maneira, ele sempre vai estar ao meu lado.
~~*Para tudo de blog!

Nenhum comentário: