domingo, 16 de março de 2014

inbox

_ mas você tá bem?
_ eu tô. a gente aprende a viver, né?
_ não tudo.
_ acho que morre sem saber.
_ é uma merda.
_ acho que depende. já conheceu alguém que acha que sabe tudo?
_ terrível.
_ é disso que eu tô falando. a ignorância pode ser uma benção.
_ e você tem feito o que?
_ a regra agora é fazer o que eu tenho vontade.
_ como assim?
_ a vida é muito curta pra deixar vontade pra depois. se eu tenho vontade de ligar eu ligo. se eu tenho vontade de comer sorvete antes do almoço eu tomo. se eu tenho vontade de mandar os outros para a cucuia eu mando.
_ parece bom.
_ é muito. um jeito novo de tentar ser feliz.
_ e você é feliz?
_ as vezes.
   nunca sempre.

5 comentários:

Dentro da Bolha disse...

"e você é feliz?" felicidade tem preço e prazo. serááá?

http://dentrodabolh.blogspot.com.br/

Mayra disse...

ninguém é feliz, mas a gente sempre tenta... sabe-se lá porquê.

Camila de Paula disse...

Sempre falta algo, sempre. Você tem razão: feliz as vezes, nunca sempre.

Taís disse...

Ta aí uma pergunta simples, que a resposta pode parecer simples, mas as vezes pode despedaçar a gente por dentro: 'você é feliz?'

Bruna Araújo disse...

Depende é uma boa resposta quando não se sabe o que dizer.
Conversa vaga esta inbox.