sexta-feira, 10 de maio de 2013

quiçá


eu entrei no carro sem saber nada.

pra onde íamos, quanto tempo ficaríamos, como seria e como terminaria nossa noite. e aí você me perguntou: "você confia em mim?" e meu bom senso teria me feito perguntar:"em que sentido?", mas estar com você e ter bom senso são duas coisas não combináveis, como ter sol e estrela no céu ao mesmo tempo, um dispensa o outro para poder existir. então eu simplesmente disse sim. e você pode não acreditar, mas eu sabia que seria incrível. seria incrível com ou seu viagem, com ou sem trilha sonora, com ou sem capricho, porque você tem um dom, há quem nasça pra salvar pessoas, há quem nasça pra cantar, e você com certeza nasceu pra fazer as mulheres se sentirem felizes. e eu estava feliz, muito feliz, ouvindo você falar da sua vida nesses últimos anos, eu dividindo com você o que ainda sou e no que me transformei, quando você perguntou para o cara do táxi do lado "querido, só uma pergunta, para a Imigrantes é só seguir reto, certo?" e aí meu coração foi se inundando de um sentimento de dúvida, nunca da certeza de continuarmos, mas do fato daquilo estar realmente acontecendo, de não ser mais um sonho e eu teria me beliscado se na hora você não tivesse me feito um carinho no rosto e no braço, falando "eu sei que eu perguntei se essa avenida vai até a Imigrantes mas isso não significa que nós vamos pegá-la, fica tranquila" porque você adora surpresas, porque como já foi dito anteriormente, você nasceu pra fazer mulheres felizes. e mulheres felizes combinam com surpresa, tal como areia e mar.
e então a música no rádio tocando mais baixo do que a sintonia que ia o nosso flerte, as batidas do rádio se confundindo com as que iam no meu coração (não sei se só com as  batidas que iam no meu coração) e então a varanda, a descoberta da chegada, a praia na frente, um marzão bonito com gente correndo as duas horas da manhã, e nós dois brincando de namorados por uma noite, mas isso fica pra outro texto, porque essa madrugada me renderá no mínimo mais uns dois, e me inspirará um número incontável deles. o que importa agora é que apesar de saber que não há possibilidade dessa brincadeira virar realidade eu passaria horas, dias, e anos nessa fantasia.
mas eu não me iludo. não mesmo e de verdade não espero sua ligação hoje por exemplo, porque por mais que pareça o contrário eu me dei pra você por puro egoísmo, não só pelo cara incrível que você é, mas muito mais pela pessoa que sou com você, pelos choques que cada pedaço do seu beijo provocam em mim, e pelos carinhos incomparáveis durante uma noite inteira. eu me dei pra você, por mim. e sabe, fazia tanto tempo que eu não fazia coisas por mim. quiçá, ser feliz por uma noite (inteira, completa e perfeita) assim. 

9 comentários:

Janaina de Oliveira disse...

Nossa que texto profundo. Espero que você aproveite muitas noites e dias assim. Não por encontrar outras pessoas que te façam sentir isso, mas pelo seu próprio ego, para o seu próprio bem =)

Paloma disse...

A gente sempre merece coisas assim, Flá. E se te fez bem, então tá ótimo. É muito difícil não criar expectativas, mas nem isso apaga os momentos bons, né?
Espero que você tenho outras dessa.

Beijos

Ana Luísa disse...

É, no fim das contas, às vezes de algumas pessoas precisamos somente de uma noite inesquecível e nada mais! Mas eu torço pra que existem várias, hihihi!
Beijo, amiga! <3

Gaby Soncini disse...

Seus textos me parecem aquelas cenas de filmes, de um amor forte e bonito. Não sei já disse isso, mas nossas, são muito lindos, mesmo.

Beijos!

Letícia Giraldelli disse...

Flávia, saiba que estou aqui do outro lado da tela sorrindo por você estar aparentemente assim, feliz, leve, bela!
Lembra até minha história com minha ex... não temos chances nenhuma de voltar... mas poxa, é uma fantasia tão gostosa.


beijos

Géssica (Kinha) disse...


Ei flooor..
Que legal seu blog, lindo texto...
Vim conhecer seu cantinho e aproveito para convidá-la para visitar meu blog de casamento, já me casei mas ainda sou apaixonada pelo assunto! Além de casamento, falo sobre viagens, beleza e de tudo um pouco.. Espero que goste!
Além disso estão rolando dois super sorteios de aniversário no blog, as casadas tambem podem participar!
http://www.umalindapromessa.com/2013/04/sorteios-de-aniversario-pata-noivas-e.html

Beijo
;)

Nathália Zabel disse...

Adorei o texto! Me prendeu muito, afinal de contas é tão bom encontrar alguém assim nem que seja só por uma noite, às vezes mais de uma pode trazer decepção ou deixar uma lembrança tão boa para trás. Espero que seja possível ter esse sentimento muitas e muitas outras noites e que existiam mais caras assim.. beijo!

Tary ♥ disse...

Flavitcha, eu amei demais esse texto. O trecho que diz que mulheres felizes combinam com surpresa me arrepiou demais. Lindo, lindo, lindo! Como sempre!

Larissa Bello disse...

"eu me dei pra você por puro egoísmo". Ter essa visão é realmente de uma maturidade admirável! Simplesmente lindo!

Bjos

PS: Tava sentindo falta de vir aqui. Não sei porque, mas o seu blog não tá mostrando a atualização pra mim.