sábado, 12 de janeiro de 2013

a memória mais linda


eu sou boa de memórias. 

já falei disso um trilhão de vezes e tenho retratos precisos de cada situação vivida, ainda que algumas vezes eu possa colocar uma moldura mais bonita para valorizar a recordação. mas hoje, quando te vi deitadinha no quarto, os óculos de oncinha caprichosamente dispostos em seu rosto, na frente dos seus olhos cor de mel lindamente maquiados, eu tive a certeza de que quando me lembrar dessa imagem daqui dez dias, vinte meses ou trinta anos, nenhuma moldura será necessária para deixar o retrato ainda mais bonito.
talvez porque você trabalhe muito, ou talvez por viver sempre ligada na tomada e não saber se dar ao luxo de ter alguns minutos de prazer próprio, sempre tão preocupada com a felicidade alheia; quem sabe porque a luz do dia conseguiu te captar de um jeito tão especial conseguindo destacar essa mulher tão linda que você foi, é e sempre será... talvez por eu ser a sua filha e sentir um orgulho imenso de saber que isso é motivo de inveja pra muita gente, não só pela beleza que qualquer um consegue captar quando te vê andando nas ruas, mas também pela perfeição que cada sortudo sente por te conhecer após trocar uma meia dúzia de palavras contigo em qualquer instante do dia. você é especial. e eu sempre tento colocar isso em palavras, mas falho imensamente e de um tempo para cá venho tentado captar essa sua essência em fotografia mas nunca consigo: ou porque você está sempre querendo tirar fotos nossas, ou porque está sempre muito ocupada, ouvindo as lamúrias e conquistas de seus seis irmãos, novecentos sobrinhos e setenta afilhados queridos. mas hoje, quando eu te vi de cobertinha nas pernas, óculos de oncinha, livro nas mãos em plenas onze horas de um sábado chuvoso e cuidadosamente frio em pleno verão, assim, tão leve e perfeita e linda eu senti meu coração extravasar por todos os campos do mundo meu amor eterno e incondicional por você e então tive a certeza: não vou ter tempo para tirar foto, mas essa é com certeza a sua melhor fotografia.   

16 comentários:

cássioviana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cássioviana disse...

que texto lindo
as fotografias do olhar são sempre as mais belas e incomparáveis. talvez seja por isso que nossos olhos sejam tão profundos.

Larissa Bello disse...

E esse é o verdadeiro amor incondicional. Lindo texto e bela homenagem!

Bjo

Mayra Borges disse...

Um amor de vida real, um amor de verdade. Estas tuas palavras me encantam profundamente, já passei dias com um texto teu passeando pela minha mente, me fazendo sentir mil e uma coisas cada vez que lembro e com esse texto não vai ser diferente. Suas palavras tem uma mágica que sempre faz grande efeito sobre mim.

Beijos, srtª Flá.

www.eraoutravezamor.blogspot.com

Ana Luísa disse...

Que texto lindo e puro, amiga! Adorei. As fotografias mais bonitas são sempre essas que nem precisamos bater..
<3

Thay disse...

Ai meu Deus, que lindo! Flá, quando penso que não há como você melhorar, você vai lá e se supera. Sério menina, seus textos são aconchegantes, de aquecer o coração de carinho. E, poxa, em momentos como esse que penso que deveria haver uma maneira de captar pra sempre a imagem que vemos. Parece perigoso deixar só para a memória guardar.
=*

Nati disse...

É estranho, acho que é até um bloqueio do meu cérebro, do meu psicológico, não sei muito bem, mas enfim, tem muitas coisas que eu não me lembro que parece até que eu não vivi. Beijos

Antônio LaCarne disse...

texto maravilhoso e super inspirador. a melhor leitura que a minha segunda poderia exigir.

;)

Deyse Batista disse...

Tou sem palavras diante desse texto. É tão doce e de uma beleza tão simples que a gente fica até meio bobo, sabe? É como quando chegamos a um lugar novo, uma paisagem linda e ficamos sem ter o que dizer, só sentindo aquele lugar. Então: eu senti o seu texto.
Espero que ela tenha sentido e se emocionado com ele, também.
Beijo!

Bruna Gabriela disse...

Que lindo isso...
As fotografias são ótimas, mas nada melhor que a nossa memória que pode guardar além da imagem, o cheiro e a sensação sentida naquela momento tão especial.

Luísa Chaves disse...

Preciso dizer que essa declaração foi simplesmente um amor? Meu coração até ficou mais aconchegante <3
Adoro textos como esse, que com tão pouco e diante de situações tão simples conseguem transmitir algo tão belo e poderoso!

E você mudou o layout né? Sou péssima (muito mesmo) para reparar em coisas assim mas quando abri a página daqui percebi um ambiente mais bonitinho e gostoso de passar um tempo. Seja lá o que você mudou, fez uma diferença deliciosa pra mim!

Beijão! :*

Mayra disse...

Que LINDO!!! Adoro esses textos de homenagens às pessoas, principalmente aos pais! Vivo tentando fazer textos decentes para os meus, mas não consigo e você conseguiu fazer um texto LINDO. De verdade! Parabéns!
Abraços!

Jéssica Teles disse...

Adorei o novo 'dentro dela tem', tá lindo, lindo!
E nossa, seu último comentário foi mega pra mim, *-*.
Eu ando colocando em prática mais do que imaginava poder, rs. E tem dado certo! Obg (:

Beijo, beijo!

Goiabasays

marcela disse...

Gente, que lindooooooooo!!! Até eu senti um amor de filha pela sua mamis! Já mostrou esse texto pra ela? Se não mostrou faça isso logo! Tenho certeza q ela vai ficar mega feliz!!
Beijos!

Camila Faria disse...

Que coisa mais linda Flá! Declaração de amor perfeita, sua mãe deve ter amado!

Marina Melo disse...

Imaginei perfeitamente essa "fotografia".
Saudades de vc.