segunda-feira, 6 de agosto de 2012

carta pra você

minha cara amiga.

já faz tempo que estou querendo escrever essa carta para você, até porque, como eu, você bem gosta desse tipo de coisa à moda antiga, onde as letras tem poder e espaço especial. mas agora que nós voltamos a nós falar - e por Deus, apesar de sermos ultrapassadas, o que a tecnologia tem feito por nós! - eu me sinto na obrigação de compartilhar isso com você. e vou começar de um jeito bem simples:  você é especial, sabia? eu sei. e soube desde o momento que te conheci naquela faculdade cheia de cadeiras e quadros brancos com os seus esmaltes sempre impecáveis e o cabelão enorme. nós tínhamos muito em comum: a cara de metida, a altura, o número do sapato e a fossa eterna que curtíamos pelos nossos ex. eu me aproximei de você menos do que deveria, mas o meu coração sempre se encheu de amor quando te via com uma facilidade enorme. eu podia ver em seus olhos toda a inocência, a bondade que eu sempre quis em uma amiga. nem sempre eu caí nos seus grupos de trabalho e olha, aqui vai um segredo, muitas vezes eu quis, e mais que isso, cheguei a ficar chateada com o seu relaxo comigo. mas aí eu pensava, pô quantos anos eu tenho? oito? e aí deixava pra lá. afinal eu sempre tive dois anjos na minha vida naquela universidade e você sabe bem quem são. mas isso fica para o próximo post.
hoje eu quero falar pra você que desde que eu te conheço não reconheço em você nenhum traço de auto-confiança do jeito que acredito que deveria ter. eu não sei o que você pensa, eu não sei quem fez você acreditar que você não vale nada, eu não sei quem fez você pensar que você é a garota certa na hora errada. você não é. você é linda, tem um brilho de doer, um sorriso de matar leão e um carisma indescritível. não tem cabimento você não confiar em você! eu queria poder te dar uma injeção de consciência todo dia para que você percebesse o valor que você tem, para que você se olhasse no espelho e visse o que todo mundo vê, pra que você sentisse o quanto você pode e é especial pra todo mundo e que quem não enxerga tudo isso não te merece. você me entende? olhe pra você, continue escrevendo suas cartas à Deus, mas agora acrescente esse pedido: o de confiar em si mesma. o sucesso de qualquer coisa começa na boa vontade e na fé. seja boazinha com você, seja sua melhor amiga, esse lugar que eu não posso ocupar. escute muito fix you e se atenha a parte que ele diz "lights will guide you home", e pense que essa casa é você. acredite no que você é. e pare de comer má(r)melo por aí.

com todo meu carinho, 
(...)

10 comentários:

Ana Luísa disse...

Que coisa linda, Flá.. Aposto que essa carta vai servir pra muitos outros destinatários.. <3

Aline Netto disse...

Adoro!!!
Saudades de ler aqui!
Bjs

Arianne Barromeu disse...

As cartas sempre são as melhores. Revelam coisas que nunca dizemos a ninguém. Pode revelar nosso lado mais doce ou mais amargo. O seu aqui foi lindo!

Beijos,
http://eppifania.blogspot.com.br/

Nina disse...

Também aposto que irá servir para muitas pessoas. Eu adoraria receber uma carta como essa, cheia de delicadeza e atemporal.
Beijão.

Lilian disse...

Legal sua solidariedade :)
Amizade é pra isso!
Beijinho.

Lilian disse...

Legal sua solidariedade :)
Amizade é pra isso!
Beijinho.

Bruna Gabriela disse...

Que linda carta.
Escrevia cartas pra minhas amigas também.
Acho que poderia ficar mais com essa moda antiga.


Muito tempo mesmo que não passava por aqui!
Beijosss

Ana Luísa disse...

Flá! Eu nunca lembro qual dos seus e-mails é pra eu usar. Então vou mandar aqui mesmo, depois você deleta! Eu queria saber se você me passa seu celular. Porque outro dia eu PRECISAVA te mandar uma sms e me toquei que eu não tinha como! HAHAHA.

Kamilla Barcelos disse...

Que carta linda e delicada. Tá aí uma carta que se eu recebesse eu ficaria imensamente feliz.

Renata Bittes disse...

Nossa, que lindo. Não sei como vc consegue colocar tanto sentimento nas suas palavras.

Saudades dos nossos e-mails.

Obs: Fix You é uma das minhas músicas preferidas.

Nunca arrepiei e fiquei tão feliz quanto qnd estava no show do Coldplay e eles tocaram essa música.