quarta-feira, 28 de março de 2012

depois de ter você

antes de eu te conhecer uma das coisas mais prazerosas do mundo era deitar no sofá num dia frio, com cobertas nas pernas, balde de pipoca doce na barriga, o controle do lado e um bom filme na tv. outra coisa, das mais sublimes, era pegar um bom chocolate ao leite, derretê-lo em uma xicrinha de café e comê-lo à colheradas, devagarzinho, o sabor explodindo na boca.
antes de te conhecer, delícia era ir pra praia, olhar o céu azul lá fora, colocar meu biquini despreocupada, pegar meu óculos de sol, ligar o som e curtir a arte de poder não ter que fazer absolutamente nada. que coisa mais deliciosa! era bom também andar de bicicleta na praia, no fim da tarde enquanto o sol beija a lua e ir sentindo o vento no rosto, meu cabelo se transformando em maresia, a areia no pé, a tranquilidade tão rara do dia a dia.
antes de te conhecer, uma das coisas que eu mais gostava no mundo era me trancar em um quarto e escutar um bom cd, inteirinho, de cabo a rabo, sentada no pé da cama, sentindo todos as minhas alegrias, medos e tristezas serem traduzidas em melodia. além disso, dançar. me ver no meio de uma festa, totalmente levada por um ritmo, deixar meu corpo vibrar na batida do som como se ninguém estivesse vendo, como se eu fosse uma mulher feliz, vivendo a plenitude da minha idade.
digo tudo isso e o antes de te conhecer porque as coisas mudaram. pouco, mas mudaram. eu ainda amo assistir filme no frio com pipoca na barriga, comer chocolate ao leite derretido, não fazer nada além de namorar o sol e sentir o vento na praia e cantar e dançar como se não houvesse amanhã. mas é que hoje eu preciso que o controle remoto esteja na sua mão, que você esteja ao meu lado me chamando de gordinha por mais uma xicrinha de chocolate, preciso do seu sono em uma manhã de sol na praia, e das duas reclamações para pedalar naquela hora da tarde. mais ainda: preciso de você para me emocionar com uma música, te ouvir dizendo "amor, você não é a sandy, lembra?" e do seu abraço pra me deixar embalar com "twist and shout" em uma festa. você entende, amor? em todos os cenários eu preciso de um elemento chave pra ser completo: você.

feliz aniversário, meu amor.

11 comentários:

Ana Luísa disse...

Ahhhh, que maravilhoso!!!! Não tenho o que comentar. Só desejar um ótimo aniversário (já atrasado) pro teu amor. O presente, ele com certeza já ganhou! Uma menina doce e encantadora que vive escrevendo textos que me deixam flutuando e sonhando com o dia em que amarei assim!

Vanessa disse...

Coisa mais linda. Me sinto mais ou menos assim, também, em relação ao meu!

:)

Bruna Gabriela disse...

Nossaaa que coisa mais linda.
Me emocionei lendo isso.
Amar é bom demais.
Deus abençoe o amor de vocês sempre,
Parabéns pelos textos, esse em especial foi maravilhoso.

aline disse...

mas que coisa linda!
seu amor é tão palpável e tão sensível.

Stella Rodrigues disse...

Que lindo, gente. Pra quem pensa que é mais feliz solteira isso ai resume tudo,porque é melhor ser feliz com alguem pra compartilhar essa felicidade.

Mulher Vã disse...

Tão bom estar apaixonada!!
Aproveite!!

Beijo

Emilie S. disse...

que lindo.
bom, tudo indica que você mora com ele. deve ser bom ^^
Blog Emilie Escreve

Gaby. disse...

Ah, o amor! ♥ hihi

Tary ♥ disse...

Lindo, lindo, lindo, Flá! Vocês dois são muito sortudos de terem um ao outro. O texto ficou tão íntimo, delicado e maravilhoso *___* Amei!
Beijo!

Nina Vieira disse...

Flá, comenta à vontade por lá, seu comentário tah saindo sim. Beijo.

Letícia Giraldelli disse...

Sem comentários Flá! Declaração belíssima... É assim mesmo que a gente se sente quando se ama de verdade... Gostamos das mesmas coisas só que precisamos do elemento X!

E Maria Bethânia arrasa, né!