sexta-feira, 9 de setembro de 2011

a estrela mais bonita do céu

engraçado, vô, ontem mesmo eu tava vendo umas fotos.

peguei um monte, e em cada álbum que parecia lá estava você comigo ou com a sis no colo. em todas elas aquele sorriso doce, e os óculos, escondendo os olhos pequenininhos, pequenininhos, azuis, azuis. ainda hoje quando escuto o seu sotaque na boca de algum português na rua, ou quando vejo alguns deles esbravejar nos jogos da lusa olho uma ou duas vezes, porque é como se fosse um encontro com você e nessas horas eu sinto bater tão forte no meu peito a certeza de que se você estivesse aqui tudo ia ser tão diferente...de qualquer forma, eu gosto tanto de visitar aquele clube, porque poxa, é como se sua alma estivesse lá dentro. quase nunco visito a sua sala, porque aquela poltrona vazia mais me dói que aconchega. lá, no silêncio, é como se eu revivesse o tempo que eu voltava da escola e de uniforme sentava no sofá direito pra assistir uma partida de vôlei com você, e se fosse portugal versus brasil, eu ia escutar você dizendo: pode gritar pro Brasil, porque este é o teu país, e ao mesmo tempo, é o meu mesmo, porque aqui fiz minha vida. fez, fez... mas ela podia ter durado mais um pouco, né? ou, melhor ainda, muito mais, sei lá.

existe aniversário no céu, vô?
parabéns.

12 comentários:

Rosana C. disse...

Lembrei do meu, muito legal seu texto, eu chorei!

Júuh . disse...

eu bem sei o que é isso, essa falta, essa saudade doída...perdi meu pai e mesmo depois de 3 anos, é como se tivesse sido ontem. e dói...

obrigada pela visita viu? volte sempre que quiser!

beijo flor :)

Ana Lu disse...

Quando você resolve colocar essas 2 linhas à parte do texto, eu já começo a pensar que vem "bomba" pela frente. Porque por mais emocionantes que seus textos sejam, essas linhas finais SEMPRE arrasam com o resto. Sério. Dessa vez eu acabei lendo as tais finais antes do texto em si, e me encantei. Perfeito, maravilhoso, mais uma vez. E ah, espero que minha carta já tenha chegado ai.. Beijos!

regina disse...

existe, sem dúvidas. lindo.

Del Santana disse...

acabei me lembrando do meu avô, que tb tinha olhos azuis; bem, meus dois avôs já morreram, mas o dos olhos azuis conviveu mais comigo (o outro morava no maranhão e eu cá na bahia).

o seu texto está lindo; é notável que foi escrito com o coração. eu amei, sério.

bem, acho que existe aniversário no céu :)

bjo

'Lara Mello disse...

Muito lindo o textos, minhas avós estão vivas, então não sei nem o que dizer :/

Mas com certeza, aniversário é sempre aniversário, aonde quer que esteja :)

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Nossa!!!que texto emocionante...choreiii...lembrei muito deu meu vozinho...e tb.da minha vozinha que já se foram...é uma dor imensa...e a saudade nunca cessa...amiga lhe desejo uma semana repleta de alegrias...!!!bjus querida!!

Isadora disse...

esses textos sempre me pegam, sabe. devem estar os dois lá, o meu e o seu, juntinhos, olhando pra gente :)

parabéns pra ele :)

sobrefatalismos disse...

Tive um avô de olhos azuis também, pai da minha mãe, mas era italiano, casou com uma índia.
Tenho saudades dele, principalmente de muita coisa que não chegou a acontecer. Beijos.

Carolda disse...

Meu avô paterno tb tinha olhos azuis, mas eu não tinha esse amor todo por ele... talvez por ele me ser tão... inacessível. Enfim.

gabs. disse...

com toda certeza do mundo existe aniversário no céu.

*apagar de velinhas*


:*

Camila disse...

Lindo lindo lindo teu texto! Lá do céu teu vô vibra com essas letrinhas, certeza.