sexta-feira, 1 de julho de 2011

do tempo

Já estamos no Segundo Semestre!
é como se eu tivesse dormido em janeiro e acordado em julho. acho que depois que a gente vira adulto, e começa a jogar todo tipo de afazeres e deveres na nossa agenda, ficamos com essa situação louca de que o tempo está voando e não estamos aproveitando nada. eu posso jurar que há três anos atrás eu tinha 15 anos, mas o calendário insiste em afirmar que há três anos atrás eu tinha já tinha 18, e estava entrando na faculdade. quando uma mulher me perguntou quantos anos eu tinha e eu disse dezenove, minha amiga me corrigiu e disse que ainda era muito cedo pra eu estar mentindo a idade, que eu já estava com os bons e velhos 21. como assim? aonde?

e é um fenômeno que eu não registro só em mim. tá em todo mundo. quando minha prima-irmã mais nova comemorou os trinta anos dela esse ano, eu jurava que ela estava fazendo 26. ela ficou toda feliz e me agradeceu o elogio, mas o fato é que já fazem quatro aniversários que ela passou dessa fase e eu ainda insisto. não me conformo por exemplo, que aquela melancia que eu enchia de beijos e que estava na barriga dela ontem, já comemorou quatro anos e sabe me desenhar e escrever o próprio nome em uma folha de sulfite.
pra completar o drama, a Khadija de O Clone que também fez a Maria de Chiquititas, tipo assim, no ano retrasado, posou sensualmente pra VIP e disse que "vamos combinar, sexo é muito bom".

como assim, quando, o que é isso, em que planeta estamos?

é sério, os físicos deviam estudar um pouco mais a fundo essa questão do tempo. os segundos, minutos e horas continuam o mesmo no papel, mas na prática, o dia não tem mais 24 horas, e sim só umas 15h, e olhe lá.

anota o que eu estou dizendo. aposto.

8 comentários:

Ana Lu disse...

Nem me fale nessas coisas, Flá. Eu não acredito que tenho 19, pra mim tenho 16 ainda! hahaha
E eu também acho que o dia só dura 24h em teoria, porque não é possível que passe tão rápido. Estamos em JULHO e o que eu fiz esse ano? De marcante, teve a minha peça, que me deixou apaixonada, e valeu pelos 6 meses, porque senão, ia querer me jogar da janela! hahaha
Beijos linda!

Fernanda Ventorim disse...

Ultimamente os dias estão passando muito rápido pra mim também. Não há tempo para nada mais, você acorda e num discar de olhos a noite já chegou... Dizem que isso é adrenalina demais no dia a dia, trabalho demais, estudos demais. Precisávamos de muito mais horas pra ser o suficiente e conseguir fazer tudo que necessitamos!
Beijos,

Su disse...

Não perca a noção de tempo, senão..daqui a pouco você vai estar como eu...esquecendo das coisas...

Gabriela F disse...

Realmente, o dia passa rapido demais, já nem percebo mais.

Isadora disse...

menos as sextas-feiras, né? sextas têm tipo umas 45 horas... :P

Ana disse...

Invejinha tenho eu, por não estar aí no Brasil :b

'Lara Mello disse...

Nossa, adorei o texto! Sério, gostei muito ^^ O tempo acaba com agente, e a verdade mesmo e que não podemos volta-lo :(

Tay disse...

E eu me lembro de quando era criança, e a tarde brincando perto da casa de vovó com amigos parecia eterna. Hoje em dia, a tarde voa com trabalhos da faculdade pra fazer, além de mais mil coisas. É, o tempo parece mesmo menor.