quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Seja Bem- Vinda


Olha Felicidade, eu vou te dizer que você demorou pra chegar completamente. Eu até pensei que você nunca chegaria nos níveis que eu esperava, e que toda aquela euforia que eu sentia vontade de sentir só existia em filmes e novelas. Tava até perdendo um pouco de esperança.

E agora que você chegou, Felicidade, eu até arrumei a casa pra você. Pra ser sincera, eu venho arrumando já faz um certo tempo, pro caso de você chegar. Senta, claro, por favor, fique a vontade.

Desculpa, desculpa se fico te olhando desse jeito é que eu não consigo evitar. Então você existe, é assim que você é. Tem certeza que eu posso te tocar? É claro que eu gosto da nossa intimidade, é que eu tenho que me acostumar à você e pode ter certeza que é tudo o que eu mais quero, mas às vezes realmente eu me pego assustada pensando que você pode resolver ir embora a qualquer momento, e olha se você fizer isso eu já te digo que eu vou ficar arrasada. Por mais que eu tranque todas as portas, a Tristeza insiste em chegar quando você vai embora e olha, eu prefiro MIL vezes você. Um milhão! O infinito de vezes! Então fique!

Você pode vestir todas as minhas roupas, usar toda a minha maquiagem, pode entrar em todos os cômodos, assistir todos os meus filmes e ler todos os meus livros. E mais, você pode me acompanhar pra todo lugar que eu vou, eu jamais me incomodaria! Como eu te disse, sinta-se em casa.

Eu vou me esforçar pra fazer com que você permaneça comigo, eu prometo. Como um casamento. Sabe Felicidade, pra ser honesta, eu vou te falar: Estou completamente apaixonada por você. Doida varrida, babando vendo você passar, ir e vir nesse seu balanço gostoso, sou apaixonada por cada movimento, te vejo nos pássaros cantando de manhã cedo e até no burburinho do trânsito dessa cidade. Sou capaz de te pedir em casamento agora mesmo.

Você casa comigo? Casa agora? Nós estamos praticamente casadas? Então é isso, Meu Deus, Obrigada. Obrigada, Felicidade. A casa é sua.

Nenhum comentário: