terça-feira, 14 de julho de 2009

A certeza de que nunca estamos sozinhos

Olha eu nunca fui muito fã do Roberto Carlos. Acho que o cargo de fã fervorosa fica para todas as minhas tias e minha mãe e todas as outras milhares de mulheres com mais de 35 pelo Brasil. Já aconteceu algumas vezes, por curiosidade, mas não acontece com frequencia eu parar tudo e colocar um CD do Roberto da coleção da minha mãe para ouvir. Mas podem dizer o que querem, Roberto é bom pra falar de amor. É fácil se emocionar com suas canções quando se está verdadeiramente apaixonado. Ou quando você simplesmente tem uma alma sensível (como a minha rs).

Neste sábado, Roberto fez um show de 50 anos de carreira no Rio, que todos devem saber, foi ao ar na Globo. E surpresa! Num show como este a parte mais emocionante foi quando ele falou de amor. Por um amigo. Para ser mais cautelosa vou dizer que na verdade, a parte mais emocionante foi aquela em que ele, o rei e seu fiel escudeiro Erasmo, simplesmente não conseguiram falar. Foi uma troca de gestos, de gratidão e cumplicidade que fizeram as palavras da canção "Amigo" soarem minúsculas diante de tal grandiosidade.

Quem assistiu sabe do que eu estou falando. Naquele momento eu só pude me deixar levar pela emoção e sentir as lágrimas escorrerem. Roberto sabe mesmo falar de amor. Depois do show, naquela velha história de penso logo não durmo, fiquei pensando em cada amigo presente em minha vida e pedi, fervorosamente que Deus me desse a graça de um dia poder dividir aquele sentimento que vi no palco com alguém. Cinquenta anos de carreira. Cinquenta anos de amizade. Quanta dádiva! Quantos de nós alcança isso? Quantos de nós consegue chegar lá no fim da vida e fazer o mesmo telefonema que fazia 30,40, CINQUENTA anos antes? Poder dividir com filhos, netos e bisnetos a mesma pessoa, o mesmo amigo. Quanta sorte! Que vínculo maravilhoso, com a juventude, com a maturidade, com a gente mesmo, com a nossa própria vida.

Roberto e Erasmo se conheceram quando Roberto tinha 18 anos. Isso é ótimo! Eu tenho dezenove e uma penca de amigas que quero manter pela vida toda e ainda tenho a esperança de ganhar uma nova pra poder viver comigo durante toda minha vida. É tempo de semear amizades. No final das contas, é sempre bom tem um amigo pra contar. Mas é ainda melhor quando o amigo é sempre o mesmo.

Ps: Segue o vídeo para quem não viu. É bem grandinho, coisa de sete minutos. Mas vale a pena assistir se você estiver com um tempinho.

Nenhum comentário: