terça-feira, 16 de junho de 2009

Santa Terapia


Não me lembro de quando escutei a palavra terapia pela primeira vez. Provavelmente não a encarei com muito preconceito como as pessoas ainda fazem nos dias de hoje porque era muito pequena pr entender e quando cresci pude julgar a terapia de perto. De dentro.
Quero ter dinheiro suficiente para poder reservar meu tempo para mim durante muitos anos. A terapia é um mergulho profundo na gente mesmo: medos, frustrações, vontades, desejos e porquês. Muitos porquês. É como olhar para nós de um ângulo diferente, com uma lente de aumento, conhecer aquilo que permanece oculto em nós, um exercício de auto estima e auto amor. Quando saímos desses mergulho profundo entramos em contato com a realidade de uma maneira diferente, ampliamos nossa visão. É um elo entre nós e o resto do mundo. Acredito que desta maneira todos nós tendemos a ser melhores como pessoas porque nos enxergamos como tais, com todos os defeitos e perfeições.
Com a terapia percebemos que a as descobertas pessoais não terminam. Quanto mais o tempo passa, mais descobrimos de nós mesmos. E quer coisa mais óbvia do que se dedicar a se conhecer, conhecer a fundo a pessoa com quem você vai conviver até o fim da sua vida? Com a terapia vem o foco, vem a clareza para escolher com maior certeza um entre todos os outros caminhos possíveis.
Todos nós precisamos de uma radiografia dos nossos pensamentos, sentimentos, desejos. Nada melhor do que se conhecer por inteiro para alcançar o sucesso e a paz. Faça Terapia!

Nenhum comentário: