domingo, 7 de setembro de 2008

Pirata, eu?


Pois é, não dá pra fugir e vai ser uma demagogia e uma hipocrisia sem tamanho se eu disser que sou contra a pirataria. Tenho um computador com mais de 800 músicas baixadas, mais umas 100 no "Meus arquivos recebidos" e já fiz vários, vários Cd's com elas. Também ganhei alguns, com alguma frequência, de amigos, e ficandinhos e afins, e não me lembro de ter recusado. Não sou muito a favor de comprar Cd's piratas na barraquinha, para mim, é estampar muito na cara que eu estou corrompendo uma lei da sociedade. E confesso que tenho alguns DVD's digamos que, não necessariamente originais, espalhados pela estante da sala.
Pra mim, música já não tem muita solução se pegarmos a Internet como ponto de vista. Não dá mais pra tirar dali e não sou muito adepta de que seja cobrado. Acho que o CD já alcançou seu ponto alto, mas não o vejo sendo totalmente instinto. Ainda faço parte daquela parte que compra o Cd da galera que curte - em lojas onde só os originais são vendidos - fico feliz. Acho dinheiro bem gasto, abrir a caixinha, ver o encarte, as letras, tem gente que vale a pena. E por outro lado quantos artistas não vieram da Internet? Colbie, NxZero, a tal da Malu Magalhães. É questão de adaptação mesmo.
Não tenho cara ainda de dizer : SOU A FAVOR DA PIRATARIA. Claro que não...
Mas digamos assim que eu... não sou completamente contra....

Nenhum comentário: