terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Quando a OUTRA pessoa é OUTRO.


Não sou uma pessoa nem um pouco preconceituosa. Pelo contrário! Me considero desprovida de preconceito, acho totalmente aceitável qualquer tipo de relacionamento homossexual - do mesmo modo que eu optei ser hetero, todo mundo tem o mesmo livre arbítrio.

Acho que ser trocado, por quem quer que seja, quando entramos de cabeça e coração em um relacionamento, causa um dos piores sentimentos no mundo : mistura de impotência, sentimento de traição e aquela velha pergunta "O que eu fiz de errado?" são muito prováveis.

Acredito que, ao descobrir que meu namorado me trocou por OUTRO me doeria quase que o mesmo tanto quanto saber que meu melhor amigo escondeu de mim ser homossexual. O que me machucaria não seria o fato de ele ter me trocado por outro homem, e sim por ter me ocultado durante todo esse tempo sua preferência sexual - se ele gosta de homem, por que ficar comigo?

Não tenho dúvidas de que, o sentimento que imperaria em mim seria o de traição. Então, esse tempo todo o cara ficou comigo gostando de outro?

Na verdade, acho que me sentiria pior, como mulher, se meu namorado me trocasse por outra - me feriria em todos os aspectos possíveis e imagináveis, afinal de contas, " O que ela tem que eu não tenho?". Mas ser trocada por OUTRO, me machucaria como pessoa, me sentiria usada e enganada como pessoa.

Sei que no final, acabaria rindo da situação. Até porque a pergunta "O que ELE tem que eu não tenho?" tem resposta muito mais óbvia - melhor ser trocada por OUTRO, que por outra, com certeza.
,
~~* Para Tudo de Blog

Nenhum comentário: