sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Pra Começar

Se Eu fosse entender todos os meus sentimentos, ficaria louca. Digo isso com a mesma certeza de que 2+2=4 e de que meu pai vai odiar todos os meus namorados. Se eu me debruçar sobre todos os meus sentimentos, se for escutar cada batimento ou cometo suicídio ou homicídio.

Sou a pessoa mas inconstante que conheço, e olha que não foi fácil admitir. Ao mesmo pé que amo meu ex, pagaria pra ele desaparecer da minha voda e não sei o que faria sem ele. Odeio o modo como meu pai trabalha e raciocina capitalisticamente, mas não sei o que seria da minha vida sem o dinheiro dele. Odeio o modo paciente como minha mãe encara meu pai, mas acredito que amor sempre merece mais uma chance.
Acho o Brasil uma verdadeira ctástrofe na política, na educação, na infra estrutura, mas vôo em cima de quem diz que é uma verdadeira porcaria.

Eu sei que não dá pra entender, nem eu mesma entendo. minhas antíteses internas são mais complexas do que qualquer uma do melhor poeta modernista - nem ele conseguiria decifrá-las. Mas não quero adormecer esses sentimentos, esses pensamentos em mim. Gosto de deixá-los soltos, pelo menos eles, livres de qualquer repressão, imposição, ou qualquer coisa do tipo. Por isso apareci por aqui, pra dar vazão às minhas loucuras, mesmo sem entendê-las. Vou tentar aqui, me construir sem perceber e curtir minhas inconstâncias e antíteses.

enjoy!

Beijos!

Nenhum comentário: